5 dicas para usar o Oracle SQL Developer de um jeito melhor

Fala galera, tudo bem com vocês?
Hoje eu vou mostrar 5 dicas para vocês sobre o SQL Developer. Tenho certeza que elas vão te ajudar a melhorar sua produtividade e usabilidade.
Bora!

1. Formate a saída do SQL para JSON, XML, instrução insert, etc.

Esse é seu novo truque favorito!
Todos conhecem o formato padrão de extração dos resultados no grid, onde você pode exportar em diferentes formatos:

Mas para ser mais prático, você pode adicionar uma anotação no seu SQL, e receber o resultado da sua query em diferentes formatos no Script Output.
Basta você adicionar na projeção do seu SQL um comentário com o formato que você quer o retorno, e pressionar F5 ou Run Script:

Neste exemplo, adicionei o comentário /*csv*/ para obter uma saída no formato CSV. Existem vários formatos, como JSON, instruções de insert, XML, etc.

Veja um exemplo de JSON:

Assim fica muito mais fácil testar seus WSs do Postman! 😀

Se você pretende trabalhar várias consultas e testes, vale a pena você utilizar o comando SET SQLFORMAT <formato> e dispensar a anotação na query. Assim enquanto você estiver na mesma seção, todos os resultados serão no formato definido.

2. Valorize o seu tempo! Code Snippets!

Esse é o tipo de coisa que eu gostaria de ter aprendido antes.
Sabe aquele código que cada pouco você precisa reescrever? Ou algumas consultas que você tem salvo em um arquivo e você precisa procurar por aí?
Você pode deixar isso tudo salvo no seu SQL Developer.

Por exemplo, eu tenho alguns SQLs de verificação de locks, constraints, alguns SQLs padrão para verificação de cargas ou de suporte, tudo salvo no SQL Developer. Quando eu preciso acessar algum deles, eu simplesmente digito a palavra chave que eu defini para a consulta que eu preciso, CTRL + barra de espaço, e o SQL Developer me sugere todo o script salvo:

Eu seleciono a sugestão, e wah-lah:

Para cadastrar seus templates, acesse Preferences >> Database >> SQL Editor Code Templates e clique em Add Template:

3. Acesse o MS SQL Server e o Postgresql pelo SQL Developer

Se você precisa acessar diferentes SGBDs, essa é uma boa pra você. Eu particularmente não gosto de ter 300 milhões de ferramentas para 300 milhões de objetivos diferentes.
No SQL Developer você pode adicionar drivers JDBC para poder acessar o diferentes bancos de dados. Por exemplo, pra acessar o MS SQL Server você pode baixar o driver aqui.

No SQL Developer você acessa Preferences >> Database >>Third Party JDBC Drivers e clica em Add Entry:

Basta selecionar o arquivo *.jar que você baixou e clicar em ok.
Quando você criar uma nova conexão, vai aparecer a opção do MS SQL Server:

Você pode fazer o mesmo com outros BDs, como o Postgresql 🙂

4. Desabilite extensões que você não utiliza!

Essa dica vem um pouco na ideia de minimalismo digital: Se você não usa, não tem porque isso estar aí!
Você utiliza o Data Miner? Migration? Então remova!
Para isso, acesse Tools >> Features e desabilite as extensões que você não pretende utilizar:

5. Histórico de execuções

Essa é pra garantir o happy hour da sexta-feira!
Você gerou um relatório e achou que nunca mais precisaria aquela query? Mas que m3#d@! Não salvei e preciso fazer tudo de novo 🤬

Veja o seu histórico de execuções em View -> SQL History.

Mas tem um grande porém nisso. O SQL Developer, por padrão, mantém apenas as execuções dos últimos 7 dias. Então aquele relatório que você gerou duas semanas atrás não vai mais estar disponível. Para melhorar isso, clique em Preferences >> Environment >> Local History, e aumente o Days to Keep History para um número que você se sinta confortável. Eu mudei para 365 😅🤪

É isso aí pessoal! Espero que algumas dessas dicas sejam muito úteis para você!
Se você tiver alguma dica poderosa, deixa nos comentários!
Abs

Assine nossa newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *